Crédito educativo, como solicitar esse Financiamento estudantil?

Crédito Educativo

O estudante que deseja fazer a solicitação e adesão aos programas de crédito educativo que o governo mantém que em geral acontece duas vezes por ano, deve ficar muito atento às datas e prazos da inscrição.

Uma vez dentro do prazo estipulado pelo órgão, o estudante precisa fazer a entrega de toda a documentação exigida, isso incluí inclusive sua comprovação de renda e a do fiador. Sendo aprovado no processo de seleção para o crédito educativo, o estudante deve dirigir-se a uma agência bancária conveniada para assinar o contrato e iniciar o pagamento dos juros, já as parcelas, devem ser pagas de acordo com o descrito no contrato.

Mas se o estudante tem preferência por ingressar através do crédito educativo privado, o primeiro passo é verificar se a universidade ou faculdade são instituições de ensino conveniadas e que oferecem financiamento estudantil e apresentar a documentação que for solicitada. Cumprindo essa etapa e sendo aprovado, o estudante deverá ser chamado para assinar o contrato para formalizar o direito ao crédito educativo.

Mas nem tudo são flores, podem ocorrer durante o processo de aprovação algumas restrições comuns como: a renda mínima comprovada do fiador não suficiente, pretendentes ao crédito educativo com processos em andamento e/ou condenadas pela Justiça; com restrições de crédito na praça; não fazer a apresentação dos documentos necessários, não estar quites com a Justiça Eleitoral ou com problemas com a Receita Federal.

Em algumas financeiras, para esse tipo de crédito existe a limitação de idade do fiador entre 18 e 65 anos.

Se você pretende solicitar o credito educativo, saiba que cada instituições usa critérios diferentes no processo, mas alguns documentos comuns são pré-requisitos para a solicitação do financiamento educativo, tanto para o estudante, quanto para o fiador:

1) – RG, carteira de identidade ou identificação;
2) – CPF, também conhecido como CIC;
3) – certidão de casamento, (caso tenha contraído matrimônio);
4) – IRPF, declaração anual de Imposto de Renda ou de isento referente ao último exercício fiscal;
5) – Comprovante de residência ou endereço;
6) – Comprovante de renda do estudante e dos integrantes de seu grupo familiar;
7) – Histórico escolar do último período letivo concluído na educação superior, independentemente de transferência acadêmica.

Geralmente quando há alguma alteração de documentação solicitada, será apenas para mera constatação de informações.

[ad#468]

22 Comentários

  1. leticia
  2. Paulo
  3. joselia maria duraes
  4. Arisleide ferreira
  5. ROZAUREA
  6. Vanessa
  7. william avila
  8. marilda rosa
  9. Mariana Moreira
  10. Carlos
  11. Carlos Flores
  12. Marcos
  13. Rita de Cássia
  14. eneci da silva
  15. Geovana Pereira
  16. shirleny maria
  17. Edineuza
  18. santina sutil
  19. Mariza da Silva
  20. Francisco
  21. aldina pereira fischer
  22. Thalia mendonca de oliveira santos

Comente Aqui!