Crédito Imobiliário para Casais Gays

Crédito Imobiliário para GaysO crédito imobiliário tem atingido todas as camadas da sociedade, agora casais gays também já podem fazer o financiamento de imóveis para aquisição da casa própria.

O sistema financeiro de crédito imobiliário sentia a necessidade de adaptar-se ao perfil desse tipo de consumidor. O Banco do Brasil está concedendo o crédito imobiliário para casais gays desde que haja a confirmação da existência de união homoafetiva estável através de declaração escrita.

Os demais bancos, como a Caixa Econômica Federal (CEF), Banco Itaú-Unibanco e Banco Santander, a tempos permitem a composição da renda, poder ser entre amigos, parentes e casais, não importando se são heteros ou homossexuais. No Banco do Brasil (BB), o consórcio imobiliário é o mais indicado para todo tipo de pessoa.

Com essas medidas o Banco do Brasil espera que a médio prazo, a nova modalidade de crédito imobiliario gere um aumento de mutuários na casa dos 5% a 10%, com expectativa de que a longo prazo essas porcetangens sejam bem maiores.

O Estado ainda não reconhece um casal de gay como união estável, mas o judiciário entende esse tipo de relação, de outra maneira, em alguns casos permite até a adoção de crianças e o reconhece alguns direitos aos homossexuais.

A iniciativa de conceder crédito imobiliário a casais gays, abre uma brecha no sistema, com o tempo as instituições financeiras deverão de forma generalizada reconhecer todos os tipos de união. Este inclusive parece ser o caminho natural da concessão de crédito, atender a todos os casais, não importando o tipo de união estabelecida.

Como conseguir o Crédito Imobiliário?

Como em todo financiamento, para conseguir este crédito em específico, é preciso todos os documentos de praxe, comprovar renda e capacidade financeira equivalente. No caso dos casais gays, os parceiros devem comprovar a relação. Para fins de Seguro Habitacional e o Registro de Propriedade do Imóvel,  é levado em consideração o comprometimento de renda, como em todos os casos de financiamento.

[ad#468]

Comente Aqui!