Cresce Crédito Pessoal de Longo Prazo

Nos últimos meses o crédito imobiliário para compra de imóveis e o crédito pessoal para financiamento de veículos tem tido um crescimento substancial e o número de concessões de crédito não para de crescer, tanto que esses tipos de crédito já estão tomando espaço de modalidades de financiamento comumente utilizados. 

Credito Pessoal Longo PrazoO fato é que com a migração e comprometimento da renda com o crédito imobiliário e o financiamento com veiculo, o dinheiro que antes sobrava no bolso do brasileiro não é mais o mesmo, atualmente sobra muito menos dinheiro para comprar ou parcelar outros tipos de bens de consumo, como móveis, os eletroeletrônicos e eletrodomésticos. 

Por enquanto, nenhum especialista tem falado na estagnação do varejo, basta verificar os próprios números apresentados pelo setor: de janeiro a julho de 2010, o comércio teve um crescimento de cerca de 11% nas vendas em relação ao mesmo período em 2009. 

Nos meses de abril e maio, as vendas no comércio em geral aumentaram 1,5% e 1%, no mercado de móveis e eletrodomésticos, houve uma pequena queda de 0,3% e alta de 0,6%, respectivamente aos meses. Ao analisar dados disponibilizados pelo Banco Central (BC), pode-se ver que existe uma forte tendência para baixo, também é visível que se isso ocorrer às empresas de varejo serão obrigadas a reagir ou se adaptarem ao mercado. 

Na contramão do mercado varejista, o crédito para compra de imóveis cresceu 44% e o crédito para compra de veículos subiu 34% no último ano anteriormente a julho. No mesmo período, o crédito de curto prazo para outros bens, como eletrodomésticos e eletroeletrônicos, e outros segmentos avançaram somente 2%. 

Informações completas do BC indicam que as operações de crédito pessoal de longo prazo (acima de 3 anos) cresceram 42% nos 12 meses anteriores a maio. O crédito pessoal e financiamentos de curto prazo (de 6 meses a 12 meses) avançaram 15%. Já os empréstimos pessoais com valor acima de R$ 50 mil cresceram 34% no mesmo período, já os financiamentos com valor até R$ 5 mil subiram 13%.

[ad#468]

7 Comentários

  1. Edna Lopes
  2. ana marlete
  3. Fernanda apel
  4. Carmen Dulce
  5. Carmen Dulce
  6. Julieta Ferraz
  7. samanta couto

Comente Aqui!