Empréstimo Rotativo, crédito pré-aprovado no Cartão

Empréstimo rotativo, tipo de crédito pré-aprovado no cartão. Você já utilizou essa linha de empréstimo? No cartão essa modalidade rotativa está sempre disponível para ser utilizada no momento do pagamento da fatura com valor minimo de 10 ou 15%.

Empréstimo Rotativo no CartãoCom o empréstimo rotativo, também conhecido como crédito rotativo, é a forma mais comum de alguém que possui cartão de crédito fazer um financiamento de dívida, ou seja, protelar o pagamento integral da fatura mensal, pagando somente uma parte dela.

Esse tipo de empréstimo normalmente é concedido para quem possui cartão de crédito emitidos por administradoras com Mastercard, Visa, Dinners, American Express, ItauCard entre outros.

O empréstimo ou crédito rotativo pode ser utilizado também em cartões de crédito emitido por lojas e magazines, cartões de supermercado, cartões de financieiras e cartão de crédito de bancos.

Como funciona o empréstimo rotativo no cartão?

O funcionamento dessa linha de empréstimo no formato de crédito rotativo é bem simples. O portador do plástico que tem um limite de compras pré estabelecido para compras, como por exemplo R$ 3.500,00 e no mês gastou R$ 1.350,00 quando a fatura do cartão chegar com o valor a ser pago, nesse caso o valor de R$ 1.350,00 o dono do cartão não precisa pagar o valor integral da fatura.

O ideal para não virar um problema nas finanças seria pagar o valor total da fatura do cartão, mas se a opção for em pagar no crédito rotativo, o cliente faz o pagamento de um pequena parte do saldo devedor (10% ou 15%) deixando a outra parte para ser paga na próxima fatura.

Quem possui cartões de crédito na sua maioria faz uso de recurso rotativo para pagar as faturas mensais, por um lado pode até ser útil e comodo pagar pequenas quantidades de dinheiro na fatura uma vez que o serviço é automático e não precisa ser autorizado, porém o efeito contrário é destruidor, o acúmulo de pagamento com empréstimo rotativo simplesmente rola a dívida a níveis impagáveis na maioria dos casos.

Muitos portadores de cartões não se dão conta de um aspecto do empréstimo rotativo extremamente importante, atentar para os juros aplicados sobre o saldo devedor que ficou para a próxima fatura, em geral de 9,80% a 13.14%, essa porcentagem pode ser maior ou menor dependendo da instituição que emitiu o cartão.

Nessa faixa de juros podemos entender que os juros do empréstimo rotativo são elevadíssimos, a dica é você nunca ter que utilizar esse expediente de crédito, vale lembrar que se você pagar juros superiores ao valor do mínimo rotativo, então você não está pagando nada, com certeza uma bola de neve de dívidas vai ser formada e se não for eliminada colocará em risco a saúde financeira.

Pense muito bem se vale a pena entrar no “empréstimo rotativo do cartão de crédito”, em uma emergência até pode ser aceito, mas se isso for uma rotina, o final da história não vai ser legal.

Comente Aqui!