Proposta de Restrições no Crédito Consignado

Restrições no Crédito ConsignadoA proposta de lei 2522/2011, projeto que tramita na Câmara dos Deputados propõe uma nova regra para o consignado no mínimo polêmica, ” Quem estiver pagando parcelas de crédito consignado em folha de pagamento não poderá solicitar outros empréstimos. O objetivo da lei é minimizar o endividamento dos cidadãos do país.

Temos falado em vários artigos aqui no www.emprestimoconsignado.com.br e alertando sobre o endividamento compulsivo ou involuntário crescente, principalmente porque o aumento de contas não pagas dos brasileiros têm batido recordes.

Em todas as modalidades de crédito, seja no cheque especial, limite de crédito, cartão de crédito, financiamentos em geral, empréstimo pessoal e crédito consignado, somadas totalizam dívidas de cerca de R$ 635 bilhões, só para pagar dividas os brasileiros destinam em torno de 4,8 meses de seus rendimentos, talvez a proposta de restrições no crédito consignado chegue em boa hora.

O que é crédito consignado?

Uma modalidade de crédito das mais baratas na forma de empréstimo, as parcelas são descontadas na folha de pagamento;
Quem pode contratar: Qualquer pessoa empregada, com carteira de trabalho assinada e, a empresa tenha convênio com bancos ou financeiras, pensionistas e aposentados do INSS;
O crédito consignado é concedido para pessoas que estão com “nome sujo” nas instituições de proteção de crédito (SPC e Serasa).

O crédito consignado é um dos mais faceis de obter, o empréstimo pode ser contratado mesmo o solicitante estando como o nome no SPC ou Serasa), além de barato, atualmente é um dos mais solicitados para conseguir dinheiro com juros baixos.

Por atingir diretamente o bolso do cidadão restringindo o acesso ao crédito consignado, esse projeto de lei 2522/2011 não está agradando nenhum pouco os brasileiros. Só para você entender melhor, na página da Câmara na internet, mais de 68% das pessoas não são favoráveis a proposta, apesar da lei parecer buscar algo de positivo para a sociedade.

Não podemos deixar de entender, que essa lei 2522 proibitiva pode acarretar um efeito inesperado e indesejado no mercado financeiro, se houver mesmo o bloqueio de novos empréstimos para quem ja possui créditos consignados, a procura por outras modalidades de crédito, inclusive mais caras, aumentarão.

No crédito consignado, a solicitação é extremamente facilitada, o contratante do empréstimo seja de empresas privadas ou pela previdência social (INSS), paga as parcelas descontando-as na folha de pagamento, os riscos envolvidos para as instituições financeiras são pequenas, senão nulas, esse detalhe faz com que o crédito consignado tenha juros mais baixos e seja consequentemente mais barata que outros tipos de crédito.

[ad#468]

Comente Aqui!