Empréstimo Pessoal a Vista, Perigo! Perigo!

Empréstimo Pessoal a VistaDe cada 10 pessoas financeiramente ativas, 8 faz,  fez ou já utilizou alguma forma de obtenção de dinheiro através de Empréstimo pessoal, dependendo do perfil do cliente os valores emprestados por bancos, financeiras e instituições de crédito que possuem características muito distintas concedam os empréstimos pessoais com variações entre R$ 300 a R$ 45.000.

Na verdade o empréstimo pessoal concedido normalmente é contratado em pequenos valores girando em torno de R$ 300 a R$ 7.000, uma característica em comum entre a maioria das instituições são a cobrança de elevadas taxas de juros.

O empréstimo pessoal pode ser obtido das mais variadas formas, em geral não se encontra dificuldade em conseguir dinheiro emprestado quanto à saúde financeira esta em ordem. A concessão em geral é fácil e rápida, esse fator apesar de ser uma facilidade excelente pode muito mais perigoso que parece, principalmente quanto à contratação do empréstimo pessoal é feito compulsivamente e sem controle.

Está querendo solicitar um empréstimo pessoal?

A obtenção desenfreada de empréstimo pessoal fez nascer nos últimos tempos, também fez nascer no Brasil um novo tipo de consumidor – os chamados “novos pobres”, os novos pobres são pessoas que recebem mensalmente ótimos rendimentos, entre eles estão Servidores públicos, Aposentados e Funcionários de empresas privadas que gastam além do que ganham e não conseguem viver em um estilo de vida com menos regalias ou ostentação.

Por outro lado existem também aqueles que apesar de recebem ordenados volumosos estão enrolados em dívidas até o pescoço e por isso procuram fazer empréstimo e mais empréstimo até não poder mais, alguns viver com severas restrições econômicas e chegam a perde tudo, inclusive a declarar falência financeira.

Comprar é bom, conquistar status é melhor ainda, gastar dinheiro com coisas que queremos é sensacional, o que nós precisamos mesmo é criar mecanismos de proteção contra toda publicidade que procura incutir em nossas mente o consumismo absoluto de forma gradativa e bombardeiam nossa vontade agressivamente o tempo todo, basta ligar a TV para se sentir compulsivo.

A idéia é fazermos acreditar que necessitamos comprar, comprar e comprar produtos que na verdade não precisamos para nos sentir felizes. Usar o cheque especial, o empréstimo instantâneo, usar o saque do cartão de crédito ou pedir um empréstimo pessoal sem necessidade pode até trazer uma alegria ou satisfação momentânea, mas com certeza isso vai gerar uma carda no pescoço que uma hora ou outra vai apertar.

Pense com inteligência na próxima vez que estiver querendo solicitar um empréstimo pessoal sem motivo aparente.

[ad#468]

Comente Aqui!