Empréstimo Pessoal, dinheiro rápido para resolver problemas financeiros imediatos

Quem não precisou de um dinheiro rápido, com o empréstimo pessoal fica fácil resolver problemas financeiros imediatos, aqueles que não podem esperar nem um minuto. Na verdade nós nunca sabemos quando iremos necessitar desse tipo de ajuda financeira, por isso o empréstimo pessoal se torna ideal e se encaixa bem em determinadas horas.

Hoje diversas financeiras e Bancos oferecem o empréstimo pessoal para seus clientes e não clientes. Ser correntista em alguns é necessário para poder contratar o empréstimo. Já em outros, o empréstimo pessoal é oferecido a qualquer cliente, nas ruas do centro, na televisão, em revistas, em jornais de bairros, todos os meios são usados para chamar sua atenção.

Essa deve ser uma decisão muito bem tomada, pois o empréstimo pessoal conta com uma alta taxa de juros, e isso pode vir a atrapalhar o seu orçamento. Além disso, caso você tenha dificuldades para realizar o pagamento deste empréstimo, vai precisar lidar com as ligações constantes das empresas de cobrança, corre grandes riscos de se enrolar com a dívida e cria um histórico ruim, o que dificulta que você consiga outro tipo de empréstimo ou financiamento no futuro.

Existe uma oferta muito grande de financeiras que estão oferecendo empréstimo pessoal, isso permite ao cliente fazer uma pesquisa antes para saber qual financeira esta com a melhor taxa, uma vez que as taxas cobradas no empréstimo pessoal são muitas vezes assustadoras!

Quem pode pegar o crédito pessoal

Se você for ao banco, precisa ter mais de 18 anos e ser titular de uma conta corrente que está sendo usada atualmente. Isso porque o banco vai analisar o seu histórico antes de liberar o dinheiro para saber se você é ou não um bom pagador. A vantagem: os juros são um pouco menores do que nas financeiras, pois o banco entende que o risco de você não quitar o crédito pessoal é menor.

Agora, caso queira ir a uma financeira, você precisa ter mais de 18 anos e comprovar renda. O comprovante de renda pode ser um holerite, contracheque, declaração de imposto de renda ou o extrato bancário. A desvantagem: os juros são mais altos porque a financeira não conhece seu histórico de pagamento e entende que o risco de inadimplência é maior.

Para realizar qualquer tipo de empréstimo e não chorar depois por causa das taxas, pesquise primeiro. Lembre-se: o empréstimo pessoal deve ser a sua última opção! E, mesmo assim, não deixe de perguntar a taxa de juros, o valor que pagará nas parcelas e o Custo Efetivo Total (CET) da operação – que mostra a soma de todas as taxas você vai pagar para fazer o empréstimo.

 

113 Comentários

  1. carla alexandra
  2. sandra
  3. oferta de empréstimo
  4. Alice
  5. debora
  6. Bianca Nunes
  7. francisco tomas
  8. Silva
  9. maria farias
  10. janaina
  11. sandra kent
  12. Valéria
  13. Ribeiro
  14. Elaine Machado
  15. fabiana
  16. cristina
  17. Monique
  18. rdrigo galan vrgas
  19. Antonio
  20. JORGE BRUNO
  21. Barbara
  22. Guilherme Henrique
  23. gleice novais silva
  24. gleice novais silva
  25. adriana silva de oliveira
  26. solange
  27. Adriana
  28. Rosana N Silva
  29. beatriz santos
  30. jean
  31. Teresa Carvalho
  32. Marijade
  33. rodolfo daniel

Comente Aqui!