Empréstimo Pessoal nas Ruas

A Fundação Procon-SP fez um alerta sobre pedir empréstimo pessoal nas ruas dos grandes centros. Segundo o órgão, pegar dinheiro emprestado instituituições financeiras ou empresas de crédito que utilizam a propaganda direta através de folhetos distribuídos nas calçadas pode ser arriscado e se possível deve ser evitada.

Emprestimo FácilQuem anda pelas ruas das cidades sabe como é fácil encontrar pessoas representando instituições financeiras que abordam vários traseuntes que passam nas ruas para oferecer empréstimo pessoal e crédito facilitado para quitar dívidas de outros bancos.

Até ai tudo bem, porém algumas informações não são esclarecidas na abordagem, inclusive o prazo que será prolongado no novo empréstimo e outras que são omitidas.

Mas porque isso acontece? Na maioria das vezes o cliente passa por algum tipo de aperto ou dificuldade financeira, o que faz com que o proposta seja aceita devido as supostas facilidades.

Essa operação  chama-se “Compra de Divida de empréstimos“, a princípio é feito a quitação do saldo devedor dos empréstimos e posteriormente um novo empréstimo com a margem livre é concedido, causando um prolongamento do endividamento do cliente.

Contratação de empréstimo pessoal

Em qualquer caso de contratação de empréstimo pessoal ou consignado é sempre bom que o consumidor analise e reflita se realmente é necessário a tomada de dinheiro emprestado naquele momento, evite agir impulsionado pelas ofertas de empréstimo fácil.

Agora, se realmente é preciso contrair o empréstimo, gaste um pouco de tempo com pesquisas de taxas de juros oferecidas nas operações, verifique todas as condições prometidas e leia com atenção o contrato de empréstimo, em geral propostas feitas de boca acabam não constando no contrato, e por último, antes de assinar qualquer documento, tire todas as dúvidas necessárias e possíveis.

[ad#468]