Melhor Empréstimo Pessoal

Melhor emprestimo pessoalConseguir o melhor empréstimo pessoal não é uma tarefa fácil, a princípio deve-se começar a busca das melhores condições, taxas e vantagens nos bancos de primeira linha e financeiras renomadas, essa procura porém vai depender e muito do tipo de empréstimo pessoal que a pessoa esta precisando.  

Se a pessoa for “aposentado, pensionista ou servidor público” a melhor opção de crédito é o empréstimo consignado, nessa modalidade o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal possuem as melhores taxas de juros, claro que dependendo do histórico de crédito do cliente existem outras dezenas de bancos que oferecem o empréstimo consignado sem burocracia. 

O empréstimo pessoal convencional pode ser um recurso satisfatório para pessoas que desejam pouco dinheiro é quer pagar em poucos meses, neste caso, falar com o gerente do banco ou acessar o home banking para solicitar o empréstimo pré-aprovado pode ser a melhor solução, porém não podemos descartar outras fontes que concedem dinheiro emprestado com juros razoáveis como as associações de crédito, cooperativas de crédito e sindicatos de categoria, muitas vezes disponibilizam empréstimos pessoais com ótimas condições. 

Nos casos de empréstimo imobiliário para compra da casa própria, terreno, construção ou reforma, as taxas também estão caindo e a oferta deste tipo de crédito tem crescido a cada dia, a disputa pelo cliente tem ficado acirrada, isso é bom para quem busca dinheiro emprestado para essa finalidade, uma vez que a concorrência gera condições, vantagens e opções variadas para o proponente. 

Seja qual for o motivo ou a necessidade financeira que o cliente estiver precisando, em todos os casos é bom tomar algumas precauções e medidas importantes antes de fazer a escolha da melhor opção de empréstimo pessoal

1 – Analise a CET (Custo Efetivo Total) que a instituição bancária ou financeira está aplicando nas concessões dos empréstimos. A apresentação desta informação é obrigatória nos contratos que envolvem crédito, a CET informa qual o custo total do empréstimo, quanto menor for a taxa de juros, menos será a CET. 

2 – Analise minuciosamente todas as cláusulas do contrato de empréstimo, verifique também quais são as despesas de abertura de crédito, taxa de emissão de carne ou boleto, seguro prestamista ou de vida se houver, custos para quitação antecipada, custos adicionais, entre outras. Normalmente estes custos não são informados até a hora de fechar a operação de crédito, em alguns casos estas despesas são cobradas após concluir a concessão do empréstimo pela instituição credora. 

3 – Não aceite receber informação posterior ao fechamento do empréstimo, também não aceite receber o contrato depois de alguns dias, ao contratar o empréstimo leve uma cópia consigo. A lei do consumidor garante que todas as informações pertinentes ao custo da operação é direito do cliente, é obrigatório que ele saiba todos os valores, taxas e custos da transação financeira. 

4 – Quando for solicitar um empréstimo pessoal, não deixe de tirar todas as duvidas possíveis, argumentes e faça valer todos os seus direitos com consumidor. Para conseguir o melhor empréstimo pessoal tenha sempre um bom relacionamento bancário, demonstre seu histórico de crédito: cartões de crédito, seguros, aplicações financeiras, entre outros. Procure ser um bom negociador, se possível apresente na instituição propostas de concorrentes com mais vantagens e taxas mais baixas para a mesma modalidade de crédito. 

5 – Verifique ao formalizar um empréstimo pessoal se a instituição bancária ou financeira está incluindo na operação outros produtos como um seguro de vida para prevenir o ressarcimento em caso de morte ou invalidez ou ainda se existe algum valor cobrado a mais para pagar seguro de proteção ao crédito, neste caso serve para proteger a instituição bancária no caso do cliente ficar em casa por problemas médicos ou por desemprego involuntário, entre outros. 

6 – Verifique a possibilidade de fazer a quitação antecipada da dívida de empréstimo, no caso dos empréstimos e financiamentos o cliente tem descontos progressivos e abatimentos no caso da antecipação que podem chegar a até 25% do saldo remanescente. Encontre no contrato se existe alguma penalização para esse procedimento, alguns bancos impõe um período mínimo para quitação, outros cobram uma taxa arbitraria de até 20% do saldo devedor para inibir essa prática. 

Dica – Ao fazer uma solicitação de empréstimo pessoal, procure sempre por instituições bancárias e financeiras conhecidas ou empresas de crédito indicadas por amigos e colegas, evite procurar empréstimos pessoais em classificados, jornais e sites de anúncios gratuitos na internet. 

Para conseguir fazer o melhor empréstimo pessoal, o interessado precisa pesquisar bastante nas diversas instituições bancárias e empresas de crédito que atuam nessa área para concluir qual delas está oferecendo as melhores condições, opções e vantagens na concessão do empréstimo, seja em curto prazo ou em logo prazo.

[ad#468]

2 Comentários

  1. manoel barbosa
  2. manoel barbosa

Comente Aqui!