Compra de divídas de empréstimos

Precisa de dinheiro, não tem mais margem consignável?
A compra de dívida dos seus empréstimos é uma modalidade disponível para aqueles servidores públicos seja federal, municipal ou estadual, para aposentados, pensionistas e militares das forças armadas do exército, marinha e aeronáutica que já utilizaram toda a sua margem não tendo assim nenhuma possibilidade de inclusão de uma nova proposta de empréstimo.

m linhas gerais, na compra de dívidas, um banco paga o saldo devedor de quem tomou empréstimo de uma outra instituição financeira e passa a ser o novo credor da dívida. Apesar de possuir algumas vantagens para o tomador do empréstimo, é preciso estar atento a pré-requisitos para ter acesso à modalidade de operação.

Muito vantajoso esse tipo de empréstimo para quem efetuou empréstimos em Bancos ou Financeiras que cobraram taxas de juros muito altas, cobraram TAC embutidas nas parcelas, com a compra de dívida, o cliente poderá minimizar o valor desses descontos na sua folha de pagamento que foram atrelados na contratação dos empréstimos consignados.

Também é indicado para quem deseja fazer economia, diminuindo os valores das parcelas que estão sendo descontadas e também para quem quer centralizar todos seus empréstimo em um só lugar e até mesmo para quem precisa de dinheiro, nessa operação o resultado da sobra de valores fica para o tomador do empréstimo, pode ser uma boa grana. Aproveite essa oportunidade e faça uma compra de dívidas dos seus empréstimos.

Exemplo de compra de dívidas

Empréstimo na instituição antiga

Prazo: 60 meses

Valor da parcela: R$ 250,00

Saldo devedor: R$ 4.000,00

Empréstimo na nova instituição

Prazo: 60 meses

Valor da parcela R$ 200,00

Novo crédito: R$ 10.000,00

Saldo para o cliente: R$ 10.000,00 – R$ 4.000,00 = R$ 6.000,00.

Quanto maior for a quantidade de parcelas já quitadas do empréstimo antigo, maior o saldo que o tomador embolsa com a compra de dívidas. Esse valor de diferença entre o empréstimo antigo e o novo é depositado pela nova instituição financeira credora da operação diretamente na conta corrente do contratante.

Você vai se interessar por:

Saiba o que fazer quando a renegociação de dívidas falha

Conheça os tipos de dívidas mais comuns e cuide das suas finanças

Prescrição de dívidas: conheça os prazos e descubra se vale aguardar

Para quem a modalidade é indicada

Para poder ter acesso à operação de compra de dívidas, o devedor precisa cumprir alguns pré-requisitos, como ter adquirido um empréstimo consignado, aquele em que as parcelas são descontadas diretamente na folha de pagamento, e ser funcionário público, aposentado ou pensionista.

A compra de dívidas de empréstimos é direcionada para servidores federais civis e militares (Siape), servidores municipais ou dos estados, militares das Forças Armadas do Exército, Marinha e Aeronáutica e aposentados e pensionistas do INSS.

Vale lembrar que a aquisição dos novos empréstimos é condicionada aos prazos e valores máximos permitidos para cada órgão público.

A operação é indicada para quem precisa de dinheiro e não possui mais margem para consignação (o limite atual é de 35% da renda do trabalhador, sendo 5% pra uso exclusivo de dívidas de cartão de crédito) ou para quem quer reduzir o valor das parcelas, aproveitando juros mais baixos de uma outra instituição.

 

110 Comentários

  1. ricardo
  2. Marcos
  3. djacy cunha
  4. kelly
  5. minervina
  6. Elizabeth Garcia
  7. ingrid luca
  8. Rosilene
  9. dirceu maria
  10. gislaine soares
  11. Fernando Gesta Leal
  12. daniklo freitas
  13. solange costa
  14. silvani fatima
  15. jamal bark
  16. Jose da Silva Frade
  17. Marinete dos Santos
  18. maria do carmo
  19. Sandra Regina
  20. Maria Consuelo
  21. Maria Consuelo
  22. juberte guimaraes
  23. walkiria alves teixeira
  24. guibson
  25. Claudia
  26. Rose guimarães
  27. ione
  28. jorge tupinamba
  29. Andressa
  30. Andressa

Comente Aqui!