É Vantajoso Solicitar Empréstimo Pessoal?

Solicitar emprestimo pessoalEstá querendo solicitar um empréstimo pessoal? Nas circunstâncias atuais é provável que sua resposta seja sim, se for, então antes de contratá-lo é melhor analisar e pensar sobre algumas questões que estão relacionadas à tomada do crédito.

Tambem é preciso certificar-se que a opção de empréstimo pessoal que deseja é a modalidade certa para seu perfil de consumidor, além disso, deve-se pesquisar se as taxas, juros e condições para a concessão são as que se acomodam melhor em seu bolso.

Pensando nisto agrupamos algumas perguntas importantes que devemos fazer na hora de obter um empréstimo pessoal ou financiamentos, seja de curto ou longo prazo, com ou sem garantia, não importa!

Você precisa mesmo se endividar com empréstimo?

Para muitos pegar um crédito em dinheiro é uma tarefa extremamente simples, mas será que ficar endividado pelos próximos 2, 3, 4 ou até mesmo 5 anos consecutivos por causa de um empréstimo pessoal ou financiamento. Vale à pena? O mais provável é gastar o dinheiro rápido e posteriormente irá acarretar problemas futuros com as finanças, sem contar com a qualidade de vida que sucumbirá por falta de dinheiro.

Posso pegar empréstimo sem prejudicar meu orçamento?

Ao pegar um empréstimo pessoal, o objetivo principal é desafogar as finanças sem comprometer os anos seguintes. Se a tomada do crédito não ultrapassar o limite de endividamento de 30% dos rendimentos mensais, a opção é boa, caso contrário não, se essa regra básica for rompida pode ocorrer uma falência financeira, pois o salário mensal não será suficiente para suprir com todas as despesas individuais ou familiares.

Vamos ao exemplo: uma pessoa que ganha R$ 1000 reais líquidos por mês, o ideal seria que a soma das suas prestações com “empréstimos, credito pessoal ou financiamento” não ultrapasse 30%, ou seja, R$ 300 reais.

Tenho algum dinheiro, pago a dívida antecipadamente?

Se o cliente já contraiu o empréstimo é quer amortizar, as instituições bancárias e de crédito possuem regras distintas para a antecipação da dívida ou quitação de divida de empréstimo, mas em geral essa operação é viável e aconselhada em muitos casos, porém o cliente precisa analisar se o pagamento do saldo devedor irá gerar algum desconto oferecido pela instituição na amortização. Normalmente dependendo de diversos fatores esse desconto pode chegar a até 25%.

Neste caso, uma boa conversa com o credor (banco ou financeira) para obter informações precisas sobre a amortização total do empréstimo pode ser o melhor começo.

O mais importante antes de saber se é vantajoso solicitar um empréstimo pessoal, certifique-se de que é a melhor opção quanto à taxa de juros, condições e prazos, obtenha todas as informações possíveis na hora de formalizar a operação para não ter problemas bem maiores no futuro.

3 Comentários

  1. katilane
  2. Fabricio
  3. reginaldo camposeira

Comente Aqui!