Como manter seu “nome limpo” cuide bem do seu crédito pessoal

Ter o nome limpo é sinônimo de saúde financeira, cuide bem do seu crédito pessoal. Mais tome cuidado mesmo, um pequeno fascilo pode fazer com que seu nome seja levado pelos bancos aos órgãoe de proteção ao crédito, mesmo que você jamais tenha deixado de pagar uma conta em dia.

Abaixo deixo algumas dicas para você e preservar seu e manter o seu “nome limpo”:

1. Cheque é como se você tivesse dinheiro vivo. Ao emitir tenha sempre certeza que sua conta corrente esta coberta com fundos. Programe os depósitos para compensar seus cheques pré-datados na data marcada.

2. Assuma compromissos financeiros considerando o seu orçamento doméstico, tenha sempre certeza que ao adquirir uma divida você poderá honrá-la.

3. Tenho responsabilidade ao usar seus cartões de crédito, estabeleça um padrão de pagamento de suas contas sempre em dia, evite que eles atinjam o limite do crédito, nem gaste além do você pode. Pague sempre suas contas em dia e faça pelo menos o pagamento mínimo do seu cartão.

4. Seria bom não circular com talões de cheques completos, procure andar apenas com a quantidade de folhas que pretende utilizar no dia. Quanto ao cartões de crédito faça o mesmo, leve apenas quando for utiliza-lo.

5. Seu nome é precioso, nunca o empreste para ninguém para solicitar empréstimos, financiamento ou qualquer outro tipo de linha de crédito.

6. Seu cartão de crédito e pessoal e intransferível, não permita o uso por outra pessoal que não seja você mesmo.

7. Se houver alguma dificuldade para cumprir seus compromissos na data do vencimento, negocie com o seu credor outra maneira de pagar a dívida vencida.

8. Vai mudar de residência, então informe aos credores seu endereço atual o mais rápido possível, evitar perder faturas vincendas ou recebê-las com atrasadas, poupa um bom dinheiro.

9. Quando for fazer compras com cartão de crédito, não perca o cartão de vista. Se o boleto o urecibo de compra com cartão de crédito apresentar carbono, peça-o e inutilize-o após a assinatura.

10. Ser fiador ou avalista de alguém é muito complicado, não assine contratos deste tipo ao menos que tenha total conhecimento e confiança na pessoa que será o contratante principal e se não tiver qualquer relação próxima com a pessoa do negócio a ser celebrado, não o faça.

[ad#468]

Comente Aqui!