Financiamento em 2 dias

Financiamento em dois dias, a corrida acirrada por clientes de empréstimo, crédito pessoal e financiamento está cada vez mais acirrada.

Financiamento em 48 horasNormalmente a concessão do financiamento imobiliário ocorre entre 10 a 20 dias, mas a Caixa Econômica Federal pretende fazer em até 48 horas o processo de aprovação do crédito, para prestar o serviço com essa agilidade, será implantado um novo modelo de correspondente imobiliário contando com a parceria das imobiliárias.

Com essa estratégia, a Caixa Econômica Federal ganhará mercado com a oferta dos empréstimos imobiliários também fora do expediente bancário, inclusive nos finais de semana. A Caixa acabou de concluir o projeto piloto que será testado e avaliado em oito Estados, incluindo São Paulo. A expectativa da implantação do Financiamento em 2 dias está prevista para até o final do ano.

Como funciona o Financiamento em 2 dias?

O processo é simplificado, o interessado encontra o imóvel que quer comprar, vai até uma imobiliária parceira da Caixa, a imobiliária é encarregada do atendimento ao comprador, da montagem do processo e da inserção das informações cadastrais e demais dados no sistema da Caixa via internet para solicitar a entrada no processo de aprovação de crédito e confecção do contrato.

Uma vez feito o tramite inicial do financiamento, a Caixa utilizará as informações enviadas para fazer as análises necessárias do cadastro, do risco de crédito e da capacidade de pagamento do comprador, o prazo para aprovação do Financiamento é de até 48 horas.

O novo modelo de financiamento foi testado no 6º Feirão da Casa Própria da Caixa, realizado em maio na capital paulista. O sucesso do projeto foi constatado com o fechamento de alguns contratos de vendas de financiamentos, atingindo o total de R$ 1,862 bilhão, o 6º Feirão bateu recorde de negócios em quase 25% a mais que em no ano anterior.

O crescimento do mercado imobiliário apresenta números significativos, 4,3 mil contratos são fechados diariamente, somente do início do ano até a segunda quinzena de junho, a Caixa Econômica Federal concedeu um volume de recursos de R$ 29 bilhões em contratos, com projeção de fechamento total de R$ 60 bilhões até o termino de 2010.

A princípio, o novo modelo será aplicado nos processos de concessão de financiamento que envolvam imóveis de até R$ 130 mil que se enquadram no “Programa Minha Casa, Minha Vida“, neste caso a facilidade no processo de analise é ainda melhor, já que os imóveis do programa do governo federal já foram avaliados pela Caixa Econômica.

O novo modelo de correspondente imobiliário da Caixa outorgará a Imobiliárias apenas a execução exclusiva das transações operacionais do processo, a concessão do crédito, as análises de risco de crédito e a verificação da capacidade de pagamento do cliente são rotinas exclusivas da Caixa, as Imobiliárias não terão nenhuma influência ou poderão interferir nesses aspectos burocráticos.

[ad#468]

Um Comentário

  1. Fernanda

Comente Aqui!