Empréstimo Imobiliário, Crédito Imóvel e Financiamento Casa Própria

ASB – Empréstimo com garantia imobiliária

Produto financeiro destinado a Pessoas Físicas;
A ASB Financeira Inovando mais uma vez e lança mais um produto super especial e diferenciado, se você é proprietário de imóveis, e necessita de dinheiro rápido e com pagamento com prazos dilatados este é o produto certo.

O tomador dos recursos financeiros (EMPRÉSTIMO) não precisa apresentar nenhuma justificativas e são colocados para livre uso, também não há necessidade de apresentar avalista, sendo possível ao cliente contratar o empréstimo imobiliário com duração para pagamento em até 120 meses.

O crédito imobiliário é uma modalidade de empréstimo para quem precisa de dinheiro para adquirir um imóvel, novo ou usado, para fins comerciais ou residenciais. Alguns bancos oferecem também crédito para a compra de materiais seja para a construção ou reforma do imóvel.

Tipos de financiamento

Dois sistemas regulam o crédito imobiliário: o Sistema Financeiro da Habitação (SFH) e Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). Veja as diferenças entre um e outro:

Sistema Financeiro da Habitação (SFH)

• permite o uso do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) na compra da casa própria, limita o valor do imóvel e oferece taxas de juros mais atrativas. O sistema rege a maioria dos financiamentos imobiliários do país e tem as seguintes características:
• O valor máximo de avaliação do imóvel deve ser de R$750 mil em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal e de R$650 mil nos demais estados. Acima destes tetos, o sistema de financiamento passa a ser o SFI. Vale lembrar que quem decide se o imóvel está ou não dentro deste limite são os avaliadores da instituição financeira e não o corretor de imóveis;
• O valor máximo da concessão de financiamento é de 90 porcento do valor avaliado;
• Cada parcela não pode comprometer mais que 30 por cento da renda do contratante;
• O prazo para a quitação da dívida deve ser de até 35 anos (420 meses);
• A compra do imóvel deve ser feita exclusivamente por pessoa física;
• “A taxa de juros varia e a correção é feita pela TR, ou seja, soma-se a TR à porcentagem da taxa”, ensina José Vignoli, educador financeiro do Portal Meu Bolso Feliz. Vale dizer, os componentes que influenciam o valor da taxa são muitos, do valor do imóvel ao relacionamento do cliente com o banco.

Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI)

• destinado a imóveis acima do valor limite permitido pelo SFH ou que não se enquadrem nas regras do SFH (bens comerciais, por exemplo). Principais características:
• Não há valor máximo de avaliação do imóvel;
• O valor de concessão de financiamento varia de 80 a 90 por cento do valor do imóvel e não há limite de renda comprometida;
• A compra pode ser feita tanto por pessoa física quanto jurídica;
• O prazo de quitação da dívida deve ser de até 35 anos (420 meses), dependendo do agente financeiro escolhido;
• A taxa de juros tende a ser mais alta do que a do SFH.

Como conseguir um crédito imobiliário
1 • Simulação da contratação

O primeiro passo é simular a contratação do crédito imobiliário. As próprias instituições financeiras ajudam você a fazer isso – até porque, é a partir dessa simulação que você saberá quanto o banco te emprestaria. Pesquise no site das instituições financeiras, muitas delas oferecem uma simulação online. É exigida uma renda mínima mensal, que varia de banco para banco. Outro fator que interfere no valor emprestado é o imóvel em si.

Por exemplo, o financiamento de um imóvel usado cobre de 60 a 80 por cento do valor, já o financiamento de imóveis novos, na planta ou em construção pode cobrir até 90 por cento do valor da residência. Este é o momento também para já pesquisar as regras para a obtenção do crédito em cada banco, já que a taxa pelo empréstimo (ou seja, os juros) varia em cada instituição. “É fundamental e imprescindível pesquisar muito bem, em especial as condições que os bancos oferecem para efetuar o empréstimo”, ressalta Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

2 – Consulta de Crédito

Ao chegar ao banco e pedir um crédito imobiliário, a primeira providência da instituição será verificar a sua capacidade de pagamento das prestações, ou seja, seu crédito. Junte seus comprovantes de renda, se for o caso leve também o do companheiro ou companheira, o que pode ajudar na obtenção de um valor maior. Mas atenção: caso saiba que seu nome está desativado, regularize a sua situação antes de pedir o financiamento. O banco também pode pedir uma comprovação da renda declarada para verificar a sua capacidade de pagamento.

3 – Avaliação do Imóvel

Quando o banco verificar que você possui condições de arcar com as parcelas do empréstimo será a hora de avaliar o imóvel, afinal, ele será a garantia do banco. Quem faz essa avaliação é uma empresa ou profissional terceirizado e credenciado pelo banco, com agendamento prévio. É neste momento que o banco verifica se o imóvel está dentro dos requisitos para ser financiado.

4 – Elaboração de Contrato

Após a aprovação do crédito e concluída a avaliação do imóvel, é hora de providenciar toda a documentação necessária para obter o crédito imobiliário. Lembrando que é importantíssimo estudar detalhadamente cada ponto do contrato! Caso não se sinta confortável para fazer isso procure uma entidade que trata de questões ligadas a mutuários ou um advogado de confiança. Com a documentação em ordem, o prazo médio para efetivar a operação é de 30 dias.

Os procedimentos de aprovação de crédito e contratação da operação são rápidos e simples, observando as características de uma operação com Alienação Fiduciária de imóvel.

A liberação do empréstimo contratado ocorrerá após o registro da operação, com a devida Alienação Fiduciária em favor da ASB.

CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO
Prazo – Até 120 Meses
Valor máximo do financiamento – R$ 500.000,00
Valor mínimo do financiamento – R$ 30.000,00
Comprometimento da Renda
– Até 25% da Renda Bruta
– Taxas ao ano de 13,5% + Indexador IGPM + Despesas Incluídas nas Prestações.

Informações Gerais
Liberação de até 52,76% do valor de avaliação do imóvel;
Existe possibilidade de inclusão do IOF e outras despesas no financiamento, caso exista margem financiável.

156 Comentários

  1. tereza maciel
  2. antonia
  3. priscylla
  4. Simone
  5. danielli
  6. jose wilson
  7. Suely Daniel
  8. Cecilia Maria
  9. jorge
  10. ismael
  11. Marco Antonio
  12. Maria Silva
  13. LORENA
  14. rose
  15. orivaldo
  16. heleni Nunes
  17. Ane
  18. Adnilson dos Santos
  19. roberto vianna
  20. danilo
  21. Ricardo
  22. Emerson
  23. diego
  24. Gilberto
  25. CARLOS
  26. Anderson Siqueira
  27. Alex
  28. Paulo Ricardo
  29. marcia
  30. Dany
  31. Francis Perot e (Marisa)
  32. Joana
  33. Joana
  34. Roseli molina
  35. Taynara
  36. sueli de melo

Comente Aqui!