Empréstimo Consignado, Empréstimo, Crédito Pessoal e Financiamento

Correspondente Bancário para Empréstimos

O que é um Correspondente Bancário?

Empresas estabelecidas como pessoa jurídica podem exercer a função de Correspondente bancário ou Correspondente não bancário para os casos de Promotoras e Empresas de captação de empréstimos, ou seja, qualquer empresa com CNPJ e objeto social devidamente adequado a função pode ser correspondente.


correspondente bancario Correspondente Bancário para EmpréstimosAtualmente as principais atividades do correspondente bancário é atuar como agente intermediário entre os bancos e instituições financeiras autorizadas pelo BC (Banco Central) e clientes interessados em empréstimos, financiamentos e crédito pessoal e serviços bancários.

A lei que regulamenta essa atividade é a Resoluções Bacen nºs 3110 e 3156, ambas de 2003, ela estabelece que correspondentes bancários poderão exercer alguns serviços específicos para bancos e instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central do Brasil:

- encaminhamento de propostas de abertura de contas de depósitos à vista, a prazo ou poupança;
- podem receber e pagar de contas, aplicação e resgates em fundos de investimentos;
- efetuar ordens de pagamentos;
- fazer pedidos de empréstimos e financiamentos;
- fazer analise de crédito e cadastro;
- terceirizar serviços de cobranças;
- enviar pedidos de cartões de créditos;
- e atuar no processamento de dados.

Em contratos formalizados entre para prestação de serviços de correspondente bancário, o banco ou instituição financeira celebra um contrato com a empresa interessada nesta atividade e nele constam no mínimo, as seguintes cláusulas:

- garantia total de responsabilidade da instituição autorizada pelo Banco Central pelos serviços prestados pelo correspondente bancário ou não bancário;
- que garantam o total acesso do Banco Central do Brasil a todas as informações, dados e documentos relativos à empresa contratada e à suas operações;
- subestabelecimento do contrato a terceiros, ou seja, a empresa não poderá repassar o contrato à outra prestadora de serviços que precise da autorização expressa do banco ou da instituição financeira contratada.

O correspondente bancário ou não bancário está proibido de:

- adiantar recursos a serem liberados pelo banco ou instituição financeira;
- emitir carnês ou títulos a seu favor referentes aos serviços que este preste;
- cobrar de qualquer taxa, tarifa ou comissão, por sua conta, pelos serviços de intermediação prestados aos clientes;
- garantir nas operações prestadas como executadas, ou seja, quem aprova, faz a liberação é o banco ou instituição.

No quesito operacional da atividade, os acertos financeiros (comissões, premiações etc.) entre o correspondente e a respectiva instituição financeira devem ocorrer de acordo com o proposto em contrato (diariamente, de dois em dois dias, semanal, quinzenal ou mensal no máximo), outro detalhe que não se pode esquecer é fato do correspondente bancário ser um simples prestador de serviços ao banco ou instituição financeira contratantes.

A correspondência bancária em empréstimos consignados, empréstimo pessoal e financiamentos imobiliários tem se mostrado uma excelente fonte para geração de receita com comissões atraentes por contrato concedido.

A má noticia é que os critérios para credenciamento de novas empresas estão muito mais rígidos, fora que vez ou outra as instituições financeiras pagam comissões excelentes devido à concorrência na ofertas de crédito e taxas em determinados períodos, mas de uma hora para outra se juntam e derrubam as comissões a níveis insustentáveis.

Ser correspondente de bancos, financeira ou instituições de crédito devidamente credenciadas pelo BC ainda é uma ótima oportunidade de ganhar dinheiro trabalhando.



 


Os comentários estão fechados no momento, mas você pode fazer trackback a partir de seu próprio site.

Desculpa, por enquanto os comentários estão fechados.


Empréstimo BMG

    Empréstimo Banco BMG