Crédito com juros Baixo na Caixa Econômica e Banco do Brasil

Crédito com juros baixo na Caixa Econômica e Banco do Brasil. Será que essas medidas vão realmente afetar de forma positiva todos as clientes de maneira geral ou as reduções de juros estão atingindo apenas alguns perfis de cliente, traçado na ponto do lápis? De qualquer forma pela segunda este mês de abril o Banco do Brasil e a Caixa, baixam o juro nas suas linhas de crédito.

Crédito mais barato

Os produtos financeiros que tiveram taxas reduzidas para mínimas e máximas são: as modalidades de empréstimo consignado para aposentados, o financiamento de veículos e crédito pessoal para pessoa física. Quem possue empresa também poderá usufrir das taxas reduzidas nas linhas de Capital de giro parcelado, Crédito especial com garantia do Fundo Garantidor de Operações e Crédito com antecipação de recebíveis imobiliários.

A Caixa Econômica anunciou as novas mudanças na sexta-feira (20), a redução nas taxas de juros dos empréstimos começam a vigorar na próxima segunda-feira (21). A coincidência está no fato da redução ocorrer 2 (dois) dias depois de o Comitê de Política Monetária (Copom) ter diminuido a taxa básica de juros da economia, a Selic, para 9,00% ao ano.

Em todos os meios de informação vemos que as taxas de juros estão em queda livre e generalizada, já sabemos que essa manobra faz parte de uma estratégia traçada do governo federal com a intenção de forçar as instituições bancárias e financeiras privadas a reduzirem seus spreads bancários.

Spread signfica a diferença entre o custo de captação das instituições bancárias e os juros cobradas pelos empréstimos concedidos.

Depois de iniciada pelos bancos públicos, as reduções de juros começaram a serem divulgadas também pela maioria dos bancos privados. O HSBC, Santander, Itaú e Bradesco entre outros já baixaram os juros aplicados nas concessões de algumas das modalidades de crédito oferecidas por eles, tanto para pessoa física como para empresas constituidas.

Na verdade as reduções das taxas de juros parece baixar, mas trata-se de uma “virtualização dos juros”, mas como é isso? Na prática, essas reduções são apenas para a taxa mínima cobrada nas operações de crédito, empréstimos e financiamentos, porém são quase inaplicáveis para a maioria dos tomadores de empréstimos, levando-se em conta os critérios de análise de crédito imposto pelas instituições na hora da solicitação.

Para você não ser enganado no momento de pedir um empréstimo ou financiamento em banco, pesquise em diversas instiuições, analise todas as condições, vantagens e exigências para ver se realmente vale a pena trocar de banco ou fazer um novo empréstimo para baixar valor de parcelas.

Um Comentário

  1. marcos

Comente Aqui!