Taxa de Juros e Valor Total de Empréstimo Pessoal

Taxa e Valor de Empréstimos

Solicitar um empréstimo de dinheiro ou financiamento muitas vezes pode até dar uma ajuda, mas e as taxas de juros e o valor total do empréstimo, você faz conta de quanto irá pagar ao contrair um empréstimo pessoal nos banco e financeira?

Ao identificar uma instituição financeira de sua preferência informe-se quais são as opções de empréstimo disponíveis ao seu perfil de tomador e quais são as taxas de juros que serão cobradas, não esqueça também de saber se haverá a incidência de alguma taxa extra no valor fora o IOF.

Avalie todos os custos associados ao empréstimo. Estes fatores podem ser muito importantes na hora de firmar o contrato de empréstimo, portanto, vale muito a pena pesquisar por boas ofertas no mercado.

Outro detalhe que não pode passar despercebido é quanto será realmente preciso para sanar as contas em atraso ou realizar algum projeto pessoal, faça as contas com cuidado! Muitos pensam que pegar um pouco mais de dinheiro só para garantir é uma boa idéia, pois digo que não é, tome somente o valor que precisar em dinheiro emprestado. Lembre-se que cada real emprestado terá um custo.

Veja o que está acontecendo nesse exato momento, muitas consumidores estão super animados com o fato das taxas de juros estarem baixas em algumas instituições e modalidade de empréstimos e, por isso acabam decidindo aumentar o valor do empréstimo, o que parece ser uma boa agora poderá se tornar um fardo a longo prazo.

Só para termos uma idéia, o Governo Federal baixou o IPI e juros dos carros, houve uma aumento de vendas de automóveis a níveis de bater até recordes, porém, na contrapartida, nunca houve tanta inadimplência quanto agora. O que adiantou?

O prazo do empréstimo deve ser pesado também, defina a taxa de juros e o valor total que vai precisar em dinheiro, lembre-se que quanto mais tempo você pagar um empréstimo, mais tempo sua renda ficará comprometida, além de ter que reembolsar ao credor em torno de 200% a mais do que foi pego inicialmente.

Verifique com antecedência quais os tipos de empréstimo está apto, de posse dessa informação, defina o melhor o tipo de linha de crédito que vai solicitar. Vale notar que nos casos de necessidades financeira imediata ou temporária de dinheiro em situações de emergência, esse raciocínio pode ser deixado de lado, nesse exemplo pode valer a pena optar por uma linha de empréstimo pessoal rotativo, como o cartão de crédito ou o cheque especial utilizando o limite de crédito, mas desde que sejam pagos em curto período de tempo, ou seja, em poucas parcelas ou parcela única, nunca a longo prazo.

Para não ter problemas com suas finanças, tenha noção exata do que é dívida provisória, dívida temporária e dívida fixa, pois senão, o risco de tornar sua vida financeira um caos é quase certa. O empréstimo ou crédito rotativo todos já sabem que não é o melhor caminho, os juros são exorbitantes, financiar com juros de cartão também não vale apena.

Antes de contratar um crédito ou empréstimo pessoal pense, observe, analise se a taxa de juros é justa, o valor total do empréstimo não deve ultrapassar 50% do montante solicitado, e reflita se pagar 3 vezes por um produto vale mesmo o sacrifício.

Um Comentário

  1. otilia

Comente Aqui!