Procura por crédito consignado tem diminuido

O crédito consignado desde janeiro desse ano, 2008 vem perdendo fôlego e a procura tem diminuído progressivamente. Entre aposentados e pensionistas do inss, a forte regulamentação, diretrizes e marcação cerrada pelo ministério da previdência, impôs restrições impossibilitando uma boa parte dos beneficiários na obtenção de novos empréstimos, e com isso fez o interesse cair.

Já no setor público, civis ou militares, os tetos de juros baixos fizeram as operações consignadas se tornarem pouco interessantes para os bancos e financeiras. Entre os clientes das empresas privadas, existe um grande potencial de crescimento, o sistema financeiro muito insatisfatório no momento impede um avanço de novas captações e uma alavancagem significativa.

A busca por crédito no país diminuiu 6,8% em julho último, na comparação com julho de 2015, e 5,3% sobre junho último, diz pesquisa do Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. Já no acumulado dos sete primeiros meses do ano, houve alta de 1,7%.

Por meio de nota, os economistas da Serasa afirmaram que, “apesar de discretas melhoras recentes no grau de confiança dos consumidores, inflação alta (puxada por alimentos), juros em elevação e desemprego crescente continuam desestimulando os consumidores a assumir novos compromissos creditícios”.

A pesquisa indica que o recuo no movimento em busca por crédito foi mais expressivo na faixa de renda até R$ 500 mensais (-6,7%). Entre os que recebem, mensalmente, de R$ 500 a R$ 1.000, houve uma baixa de 5,3%.

Para os que ganham entre R$ 1.000 e R$ 2.000 mensais, a procura diminuiu 5,1%, o mesmo percentual de queda observada nos ganhos entre R$ 2.000 e R$ 5.000 por mês. No caso dos consumidores com renda mensal entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, a procura caiu em 6% e, na faixa acima de R$ 10 mil, houve retração de 6,4%.

Já de janeiro a julho deste ano comparado ao mesmo período de 2015, ocorreu recuo apenas na classe mais pobre (renda de até R$ 500 mensais) com redução de 2,2%. Na faixa entre R$ 500 e R$ 1.000, houve elevação de 1,1%; R$ 1.000 e R$ 2.000 (2,6%); renda mensal entre R$ 2 mil e R$ 5 mil (3,0%); renda mensal entre R$ 5 mil e R$ 10 mil (3,1%) e renda mensal acima de R$ 10 mil (2,4%).

Por região, o maior declínio em julho sobre junho último ocorreu no Sudeste (-6,1%), seguido pelas regiões do Nordeste (-5,6%); Sul (-5,0%); Centro-Oeste (-2,9%) e Norte (-2,8%). No acumulado do ano, a demanda do consumidor por crédito subiu 4,0% na região Sul, 2,5% no Sudeste e no Centro-Oeste. Foram registradas quedas de 3,9% no Norte e de 1,7%, no Nordeste.

Renato Oliva, vice-presidente da ABBC (Associação Brasileira de Bancos), informou que o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) mesmo com uma fluente queda nas captações, ainda é um grande gerador de empréstimos consignados, uma vez que conta com cerca de 20 milhões de segurados em todo o Brasil. Observa no entanto, que a demanda vem caindo, a ponto de apresentar uma redução de 60% na produção de novas operações desde dezembro do ano passado.

Houve diminuição da possibilidade de comprometer a renda com o empréstimo consignado de 30% para 20%. Se o segurado quiser se endividar, pode ser de 30% da renda, mas somente 20% com o consignado. O resto tem que ser com o cartão de crédito, que tem taxa de juros maior. E o cartão não está disseminado entre os clientes e os bancos – muitos não estão homologados para operar com ele“, afirmou Oliva.

Previous ArticleNext Article

7 Comentarios

  1. Gostaria de saber qual é o valor do emprétimo consignado com a margem de 141,33 sou pensionista federal, tenho contra cheque de novembro se for necessário.
    Orgão pagador: Ministério Federal.

  2. fiz um refinanciamento do meu emprestimo,enviei os documentos via e mail,quero confirmar o refinanciamento e previsao de credito na minha conta

  3. Pelo 2º mês consecutivo, estão me descontandoindevidamente, uma parcela de R$ 362,97, descontaram nos contra-cheques de dez/08 e jan09, e eu não fiz este empréstimo, tanto que a SABEMI me devolveu o primeiro desconto, porém este desconto indevido está BLOQUEANDO A MINHA MARGEM CONSIGNÁVEL, me causando sérios DANOS MATERIAIS E MORAIS, inclusive me impedindo de fazer novo empréstimo na própia SABEMI, por favor excluindo esta parcela do meu contra-chefe de JAN/09. para não me causar mais prejuízos.

  4. Eu gostaria de fazer um emprestimo com desconto direto na minha folha de pagamento, sou funcionario publico federal civil e tenho na minha margem 198,38 e gostaria que entrasse em contato comigo se eu posso fazer. Quero compreeder melhot qual as documentações que vão ser preciso, aguardo o contato.

  5. ola!espero poder ajudala….para faer um emprestimo consignado, e presiso saber o seu numero do beneficio, so a parir dai saberemos se esta apta a faser o empretimo ok, .

  6. gostaria que o banco schahin s/a entra-se em contato comigo para me esclarecer como eu posso refinanciar o meu consignado pois pelos orgãos responsaveis aqui em fortaleza não estão me dando uma resposta me deixe feliz me disseram que o banco não está trabalhando aqui no ceará acredito que pelo fato de vocês estarem mostrando que estão trabalhando e aqui em fortaleza falam com grande desdem que este banco está desafivado gostaria da resposta se da para refinanciar e aonde é que eu posso ir aqui em fortaleza para fazer -lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *