Desvantagens dos Empréstimos

Um empréstimo pessoal é um recurso de dinheiro que tomamos emprestado por um período definido para ser reembolsado à instituição financeira. O valor para reembolso depende do montante e do prazo do empréstimo e também a taxa de juros.

Para empresários que buscam por empréstimos para empresas listamos abaixo algumas desvantagens de contratar um empréstimo em banco ou financeira.

1 – A maioria dos empréstimos pessoais possui condições e cláusulas abusivas.

2 – Em geral os empréstimos para empresas não são muito flexíveis – em alguns casos o cliente pode pagar juros sobre os fundos que você não está usando.

3 – Poderá acontecer um imprevisto ou dificuldade em honrar os pagamentos mensais se seus clientes não pagá-lo corretamente, causando problemas de liquidez na empresa.

4 – Normalmente empréstimos ao comércio são garantidos com a oferta do patrimônio da empresa ou dos bens pessoais dos sócios, por exemplo, a sua casa, isso pode virar um problema.

5 – Apesar das taxas de juros nos empréstimos com garantia serem menores que os empréstimos convencionais, os bens garantidos podem ficar em risco se os compromissos com o Credor não sejam realizados.

6 – Poderá haver uma taxa extra se o tomador quiser pagar o empréstimo antecipadamente antes do prazo de término do empréstimo, especialmente se a taxa de juros do empréstimo não for fixa.

7 – Não é um bom negócio contratar o empréstimo para saldar despesas correntes.

Uma dica é conter os gastos saldando-os com dinheiro recebido das vendas ou possivelmente manter um fluxo de caixa razoável ou um fundo de reserva.

Algumas das vantagens de pedir um empréstimo são que temos dinheiro na mão rapidamente, para comprar o que quisermos ou investir no que pretendemos. Este dinheiro que temos na nossa mão, como vimos, não é realmente nosso. É emprestado pelo banco. Mas tê-lo na nossa mão é uma grande vantagem, se precisarmos realmente dele.

Imaginemos que não temos dinheiro, mas que precisamos dele para:

•        Comprar um automóvel
•        Fazer uma viagem
•        Pagar a Universidade
•        Comprar casa ou fazer obras
•        Mobilar a casa
•        Pagar uma despesa médica

Se precisamos de fazer um despesa grande como estas e não tivermos dinheiro no momento, um empréstimo bancário pode ser uma boa solução. Esta é a grande vantagem do crédito: permite-nos ter acesso a dinheiro.

Atenção que muitas vezes o empréstimo do banco está reservado a uma determinada compra ou investimento. Por exemplo, o empréstimo do banco pode estar condicionado à compra de uma habitação e por isso não pode ser gasto noutra coisa.

Por isso, se formos ao banco pedir dinheiro emprestado, devemos dizer para que é. Isto é para que o banco possa avaliar se nos pode ou não emprestar o dinheiro e em que condições.

No entanto, os empréstimos também têm desvantagens. Uma é podermos cair na tentação de pedir demasiado dinheiro emprestado. Todo o dinheiro que pedirmos emprestado, teremos naturalmente de devolver mais tarde. Se pedirmos demasiado dinheiro emprestado, teremos uma dívida muito elevada para pagar.

Se a nossa dívida se tornar muito elevada, pode acontecer que a prestação mensal que temos de pagar ao banco, seja superior ‘a nossa capacidade de pagar. Por exemplo, se a nossa prestação mensal ao banco for de 300 euros e o nosso ordenado for de 600 euros, pode ser muito difícil pagar o que devemos.

E, se não pagarmos o que devemos, o banco vem atrás de nós para tentar que lhe paguemos o que lhe devemos. Podemos perder a casa, o carro, os móveis ou quaisquer outros bens que tenhamos, para diminuir a dívida ao banco. Isto pode ser trágico para uma família.

Outra desvantagem é que os empréstimos têm custos associados. Um, naturalmente, é o juro. Mas o banco muitas vezes cobra outras taxas e comissões quando nos concede crédito. Tudo somado, isto representa uma quantia elevada.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *