Financiamento Flex

Novo financiamento flex de veículos. Já conhece?

O Financiamento de veículo está ganhando novas formas de conquistar clientes que estão desejosos pela compra de um carro, mas também quer facilidades para obtenção.

Financiamento flexCom o sucesso de vendas dos carros flex pela comodidade de escolha entre os combustíveis, chegou à vez do flex chegar às condições diferenciadas para quem quer financiamentos para a compra de veículo.

O foco do financiamento flex é o consumidor de poder aquisitivo menor e com o final do ano está chegando, as concessionárias visando os reajustes salariais e também o 13º salário, já estão começando a oferecer os financiamentos com flexibilidade nas prestações.

Como funciona o financiamento flex?

Durante as 12 primeiras parcelas do financiamento do veículo, o consumidor paga valores menores e a partir da 13ª parcela o valor sobe um pouco.

A briga por consumidores de veículos está acirrada, planos como o financiamento com prestações flexíveis farão a diferença nas vendas nesses últimos meses do ano e com certeza a maioria das concessionárias, financeiras de veículos e bancos especializados nesse mercado deverão implantar com força total essa nova modalidade de crédito.

O financiamento flex tem alvo certo, a intenção é conquistar compradores de baixa renda que desejam carros populares. Essa nova modalidade de financiamento, o flex, na verdade trata-se de um leasing, uma das vantagens do leasing é que na operação a incidência de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) não ocorre.

O sistema utilizado é bem simples, e a princípio o financiamento é direcionado para operações em 60 meses. Vamos dar um exemplo de mais ou menos como ficaria – as primeiras 12 prestações seriam cobradas R$ 373, a partir da 13ª, o valor da parcela dobra e vai a R$ 747, sem nenhuma entrada e com taxa de juros de 1,40% ao mês.

É visível que a tendência em todos os mercados são os planos sob medida, e não é diferente no financiamento de veículos novos e usados, o financiamento flex possui várias versões, em uma delas é o plano batizado de “Balão”, nele o cliente paga as primeiras parcelas com valores mais baixos, aumentando somente nos meses de novembro e dezembro, aproveitando o dinheiro extra do 13º salário.

O pagamento da entrada parcelada do veículo em 3 vezes no cartão de crédito também é uma forma de financiamento flex que está sendo implantada por algumas revendas e concessionárias no Brasil, se você está pensando em comprar um veículo, vale a pena se informar sobre as condições e sobre todas as modalidades que a loja ou revenda tem para oferecer.

 

Previous ArticleNext Article

2 Comentarios

  1. quero financiar o meu novo carro, que ja escolhi .
    e o carro que preciso para trabalhar.
    sou taxista,preciso de um carro deste porte da marca fiat. o carro è linea completo em serie automatico, o volr do carro,è em torno R$45.000.00 quero financiar em 60 meses sem entrada,porque o outro carro que terminei de pagar esse mese.mao quero vender nas presse,porque,
    nao estao pagando o que o carro vale.por isso quero venqer depois.espero,comseguer o meu financiamento.
    para nao ter que vender o meu rarro as pressa e perder muinto.obrigado.espero uma resposta analize o meu caso.
    obrigado. ass.jose wilson souza paula.

  2. Este é um plano feito pelas concessionarias e financeiras,mas
    que nada favorece o cosumidor, que após pagar um ano se vê com um aumento que não lhe foi informado de 103%. Tem quem possa pagar tamanho absurdo, ou ele foi feito para tomarem o veículo após um ano. É o que deixa transparecer. Não há quem suporte tamanho abuso, e a fiscalização dos orgãos publicos aonde está? Vivemos um tempo de total abuso por parte das financeiras e o governo parece não querer enxergar. Até quando? É preciso se esclarecer o cliente de todos os topicos do financiamento balão que mais parece feito para dar um balão nos clientes. Estes mal satisfeitos poe a boca no trombone contra as concessionarias e financeiras. É isto o que tenho escutado no mercado. Espero que as autoridades competentes tomem uma medida que contenha esta impunidade. Falei e disse o que tenho presenciado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *