Opções de Financiamento Imobiliário

 

No mercado é possível encontrar uma vasta gama de opções de financiamento imobiliário, por ter tanta oferta é recomendável fazer algumas comparações de financiamento para compra de imóvel em instituições bancárias confiáveis antes de formalizar o contrato.
A maioria dos maiores bancos privados e públicos estão oferecendo “linhas de crédito para financiamento imobiliário”, isso pode ser considerado uma excelente oportunidade para quem deseja conseguir crédito para aquisição de um imóvel.

Apesar da diversidade exposta aos interessados, isso também pode trazer uma grande confusão devido às inúmeras condições, obrigações, penalizações, sistemas de amortização etc. Baseado nisso a indicação ao proponente do financiamento bancário imobiliário é estar atento na hora de escolher o banco, o tipo de financiamento, a forma de pagamento e as taxas de juros aplicadas na operação. Antes de assinar o contrato, considere ler todas as condições e cláusulas, todas são importantes.

Quem está em busca de financiar um imóvel, o melhor princípio para iniciar o processo, é procurar em bancos e instituições financeiras que oferecem algum tipo de ferramenta para simulações de financiamento imobiliário para verificar qual das opções disponíveis na praça é a mais indicada e que se adéque ao seu perfil. Como em qualquer negócio, a instituição que oferecer a menor parcela como o mesmo prazo para reembolso, sem dúvidas e a mais viável.

Procure também no seu banco, onde você tem conta sobre as “opções de financiamento imobiliário” disponível, em geral os correntistas de bancos costumam conseguir taxas de juros bem abaixo na tabela, que as praticadas para novos clientes, principalmente se o correntista já possua financiamento pré-aprovado.

Ao fazer um financiamento o proponente também deve levar em conta a possibilidade de no futuro, caso consiga, fazer amortizações esporádicas, então ao contratar o financiamento escolha pelo Sistema de Amortização Constante (SAC), muito utilizado pelos bancos privados, ou Sistema de Amortização Crescente (Sacre), utilizado pela Caixa Econômica Federal.

Tanto o SAC quanto o Sacre, as amortizações do capital (saldo devedor) são crescentes durante o período do financiamento e as parcelas são decrescentes, outro detalhe que precisa ficar mais atento são as taxas de administração.

Se você quer mesmo adquirir uma casa ou imóvel residencial, procure não entrar em financiamentos muito longos, tente juntar o máximo de dinheiro possível para dar de entrada na compra do imóvel, agindo assim o financiamento poderá ter o tempo de pagamento diminuído.

Vale lembrar que quanto maior o prazo do financiamento imobiliário, maior o custo final da operação. A dica é fazer economias com recursos das férias anuais, o décimo terceiro, participação no lucros, e recomendável utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como parte de pagamento na entrada.

Previous ArticleNext Article

2 Comentarios

  1. Importantes informações!!!

    Estou com algumas dúvidas quanto aos financiamentos. Planejo comprar parte de um imóvel que pertence a um irmão. Esse valor fica em torno de R$ 40.000,00 que terei que financiar de algum jeito. Acredito que poderei colocar o (FGTS) de minha esposa na negociação. Tentarei comparecer em alguns bancos que trabalho para avalair as possibilidades.

    Será que devo começar assim?

    Obrigado!

  2. quero fazer um emprestimo 20 mil o q eu presizo fazer p consiquir fazer vou na caixa eles diz q tem q fazer o simulado na internete mais nao acho onde fazer este simulado vcs pode mim ajudar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *